DUBOUT, ESSE DESCONHECIDO

4 de setembro de 2015 por keyimaguirejunior

Pelo menos no Brasil – o que não surpreende ninguém.

Albert Dubout nasceu em Marselha em 1905 e faleceu em Aunes em 1976. Ilustrou, segundo Álvarus, quase uma centena de livros, além de colaborações nas principais revistas satíricas francesas. A primeira obra ilustrada por ele foi “L’embarras de Paris, de Boileau – ver tabela.

“Ficaram célebres no mundo inteiro suas delirantes multidões, em que predominavam o burguês, a classe média e avultavam as mulheres grandalhonas em contraste com seus minúsculos e inexpressivos maridos. Enfim, uma turba altamente caricata.”(Álvarus)

DUBOUT 3

     No Brasil, é praticamente desconhecido, apesar de uma nutrida influência sobre nossos caricaturistas. Particularmente, acho que um de seus herdeiros é Carlos Estêvão – mas é difícil avaliar pela dificuldade de encontrar boas reedições das obras de um como de outro.

DUBOUT 1

     Da hemeroteca da campineira “Toca de Papel” do João Antonio Bührer d’Almeida constam as seguintes matérias:

– COTRIM, Álvaro. O Kamasutra no traço de Dubout. Revista Ele/Ela, ano XVI, nº 187.

– COTRIM, Álvaro. Dubout e os fotógrafos. Revista Photo Camera.

– COTRIM, Álvaro. O humorismo erótico de Dubout. Revista Ele/Ela.

Eles também riem. Revista A Cigarra, fevereiro de 1945.

Monsieur Dubout. Lady, agosto de 1958.

Monsieur Dubout. Lady, maio de 1958.

DUBOUT 2

Agradecemos qualquer pista que ajude a localizar mais livros ilustrados pelo Dubout e complementações às referências acima.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: