PARDAL, DE OURO PRETO

20 de fevereiro de 2014 por keyimaguirejunior

PARDAL, DE OURO PRETO

O Pardal fazia ponto no portão do adro da Igreja de São Francisco de Assis de Ouro Preto. Todos sabemos que São Francisco era um santo de verdade, gostava das aves e dos animais. Pardal fazia uns trabalhos muito interessantes, pela idéia e pela minúcia da execução – lembrava as obras do Helio Leites, de quem era amigo. Todo ano, em minhas peregrinações mineiras, eu parava prá um dedo de prosa com ele. Há alguns anos, não o encontrei e me informaram que mudara o ponto para a Casa do Pão de Queijo – estabelecimento cinco estrelas, na minha escala – e fui vê-lo. Estava todo torto e sem coordenação motora alguma: tinha sido atropelado e, depois de muito sofrimento, recuperara parcialmente os movimentos e a autonomia para andar sozinho. Sua única distração era colecionar cartões postais. Um ano depois, procurei-o novamente e recebi a triste notícia: o Pardal tinha voado… Ele faz falta, entre os pombos, os tico-ticos e mais passarinhos dos adros mágicos de Ouro Preto.

DSC_0142

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: